Procriar ou não?

Procriar ou não?

Ter filhos ou não?

Aqui está um vídeo que não sei de onde veio nem pra aonde vai. Mas como somos amigas íntimas, resolvi ligar a câmera, dar o REC e ir desabafando certas coisas. Sem roteiro nenhum. Talvez muitas se identifiquem com várias coisas que vou falar, talvez muitas discordem também. E talvez várias tenham algo positivo a dizer depois de assistirem minha gravação. Quem sabe vocês se tornar agentes motivacionais nesse assunto de TER ou NÃO TER FILHOS. Dê o play:

Deixe sua opinião nos comentários!

por Emanuelle Sales

29 Comentários

  1. Lívia Michio

    Bom, seus textos e vídeos são muito bons, eu geralmente concordo com suas posições. Mas este tema não foi devidamente abordado, exatamente pq vc ainda não é mãe. De certa forma achei que vc frisou muito o fato de ser normal o fato de um casal não querer ter filhos, qdo na verdade se seu público é cristão, gerar é até mesmo ordem do criador.
    Então não concordei com essa parte de “tudo bem não ter filhos ” pq a família abordada na bíblia nunca foi só de homem e mulher. Tanto que até para os mais idosos como Sara e Abraão Deus providenciou um filho. Para as estéreis tb. Se fosse ok não ter filhos Deus não teria aberto a madre de Ana…
    Concordo que de fato os dias são difíceis mas num lar cristão devidamente estabelecido na presença do Senhor os filhos são sim um complemento da benção de Deus sobre o casal. Não pq vão completar um vazio no lar mas pq vão completar a família que um dia foi construída.
    Bom, não tome como crítica destrutiva. Pelo contrário. Acompanho seu blog há muito tempo e percebo sua perseverança em servir a Deus. Fica apenas uma reflexão pra vc que ainda não é mãe. E que talvez mude de idéia após ter o primeiro!! 🙂

    7 de novembro de 2016 @ 20:00
    • Emanuelle Sales

      Oi, querida, seu comentário foi muito educado! hehe Pode discordar quando quiser. Este espaço é pra vcs também. Vi no programa “Na mira da verdade” o Leandro Quadros falando sobre a decisão de um casal não ter filhos. Ele disse que no Éden Deus falou a Adão e Eva, “cresçam e encham a Terra”. Hoje a Terra não está vazia, não precisa ser enchida. Ele tbm disse que o planejamento familiar não é pecado. Aproveitei os conselhos dele. E tbm levo em conta que a Bíblia diz que os filhos são herança do Senhor. Então vou querer essa herança com certeza! Quando eu engravidar quero contar logo pra vcs! Beijos

      7 de novembro de 2016 @ 22:35
      • Vanessa Fonseca

        Temos como exemplo o apóstolo Paulo que não se casou nem teve filhos. Acho que não seja o ligação do cristão ter filhos.

        8 de novembro de 2016 @ 11:37
        • Emanuelle Sales

          Pensei na mesma coisa enquanto gravava o vídeo. Nem casar é algo biblicamente obrigatório né.

          8 de novembro de 2016 @ 13:34
    • Laritza Batista

      Achei o seu argumento “pq vc ainda não é mãe” o mesmo absurdo de muitos outros que já ouvi, sabe, nem todas as pessoas pensam iguais. Conheço muitas pessoas que amam seus filhos, mas que no seu íntimo, se pudessem voltar á traz não os teriam, e isso não faz delas pessoas ruins ou monstros, apenas pessoas sinceras, a maioria das mulheres que é mãe quer vender essa maravilha do universo, como se sem filhos sua vida não fizesse sentindo, sinto muita pena de mulheres assim. A vida precisa fazer sentido porque vc serve á Deus!
      Outra coisa, quando vc diz: “a família abordada na bíblia nunca foi só de homem e mulher. Tanto que até para os mais idosos como Sara e Abraão Deus providenciou um filho. Para as estéreis tb. Se fosse ok não ter filhos Deus não teria aberto a madre de Ana…” percebo que te falta estudo da Biblía e da compreensão do caráter de Deus.
      Sou casada há 5 anos, sigo feliz e minha família É SIM COMPLETA! Somos uma família de 2, andando juntos pelo caminho estreito, sem filhos, até a volta de Jesus, não porque não podemos, mas sim porque não queremos, nossa vida é maravilhosa e Deus nos abençoa e nos confirma nossas decisões dia após dia, nosso foco tem sido e será sempre viver pelo evangelho, assim como o exemplo de Paulo, muito bem lembrado aqui por outras leitoras, que viveu cada dia somente para Deus, sem mulher nem filhos.
      Ninguém muda a opinião de ninguém,mas pense melhor antes de dizer coisas como estas, não é porque ser mãe foi maravilhoso pra vc que será pra todo mundo. Deus tem caminhos diferentes pra cada filho Seu.

      8 de novembro de 2016 @ 20:16
  2. Adrielly

    Gostei muito do seu vídeo. Tenho 27 anos e sou solteira, sempre quis muito ter um filho, e mesmo estando solteira, ainda faço planos para o baby, mesmo que eu não me case, terei um filho.

    7 de novembro de 2016 @ 20:09
    • Emanuelle Sales

      Minha idade! hehe A adoção é uma ótima opção hein. Sempre penso nisso!

      7 de novembro de 2016 @ 22:36
  3. Rose

    Adorei o vídeo …até uns três meses atraz moria de medo de ter filhos …até o dia 19/09 Descobrir que estava grávida do meu primeiro filho ou filha. sou casada a 5 anos , e tenho 30 anos de idade.. acho que já estava na hora rsrsrs .mas Agora que estou esperando um serumaninho…estou muito feliz …quero ter só um.. peço a Deus que me ajude a ser uma boa mãe …rsrsrs ..

    7 de novembro de 2016 @ 21:02
    • Emanuelle Sales

      Awwww que delícia! Depois mostra foto desse serumaninho pra gente!!!

      7 de novembro de 2016 @ 22:37
      • Rose

        Pode deixar, vou mandar sim

        8 de novembro de 2016 @ 7:05
  4. Vanessa Fonseca

    Uau! Muito sábias suas palavras.concordo com tudo que vc disse. Sou mãe da Beatriz de 5 anos e Heitor de 3 anos. Tenho 30 anos e a fácil.am ia difícil passou e sempre achei que ter filho cedo e bom porquê vou ficar com tempo livre no futuro, serei jovem ( quer o ouvir é sua filha? Parecem.irmãs kkkk)viver essa fase na juventude seria mais fácil. É poder viver a vida adulta dos filhos com qualidade de vida. Já fui dessas mães que faz terrorismo materno.kkkk. A maternidade e muito cruel todas as mães são donas da verdade. É muita loucura. Nos tempo de tanta informação então que é difícil. Não me.enquadrem bem e tive depressão severa. Esse questão de deixar de ser indivíduo é sério. E acho que não deveria ter tido filhos, e me falam que sou egoísta por gostar de outras coisas que não sejam cuidar de crianças. Não me sinto culpada em deixar meu filhos com a avó e ir passar com meu marido. Ele já discorda e sempre diz ” não saiu sem.meus filhos”. Pro.meu maridos os filhos são MAIS importantes que nossa casamento. Tive os filhos para agradar o marido. Eu queria viajar e curtir. Casei com 23 anos. Em fim, vc está certa! Mas acho que mulher mudou muito e a maternidade e algo que conflitar com a independencia. A paternidade tbm é algo que deve mudar para dar equilíbrio. Antigamente tinha mais apoio nos cuidados. Hoje ficamos muito isoladas. Que tempo para ajudar uma mãe. O pai fuça uma semana só em casa quando no filho nasce. As avós, as tias, as primas trabalham. Quem.poderá nos socorrer?! Te aconselho a ter dois filhos. Eu acho que ter só um um pouco cruel com a criança. Ficam meio solitários. Não serão tios. Não terão sobrinhos. Não terão ninguém para estar aí seu lado da doenças dos pais. É para alegrias da vida tbm.

    7 de novembro de 2016 @ 21:14
    • Emanuelle Sales

      Bom demais ver uma mulher que virou mãe e não deixou sua individualidade. Com certeza essa atitude te ajudou a fugir da depressão. A família é uma bênção, então aproveite da ajuda dela dimmmm. Vc merece um tempo, vc é mulher… simplesmente mulher.

      7 de novembro de 2016 @ 22:39
  5. Karine Andrade

    Ótimo vídeo, o povo sempre cobrou muito. Mas, eesperamos o tempo de Deus, também tenho 6 anos de casada… Estávamos esperando dois bbs (gêmeos) mas infelizmente perdi meus bbs… estava numa tristeza tamanha hj. No entanto ao ver esse vídeo lembrei-me que tudo ocorre no tempo e na vontade dEle… e no tempo certo vc também será uma mamãe muito linda… bjos!

    7 de novembro de 2016 @ 22:56
  6. Ivonilde Santos

    Concordo com o que vc disse e hj com 30 anos e casada pela segunda vez decidi que não quero filhos e realmente me sinto mt egoísta com essa decisão, mas estou certa de que não quero msm. Meu marido e eu somos mt felizes e nos sentimos bem um com o outro. Por mais que um filho te complete e te torne uma mulher diferente ou sei lá eu estou feliz do jeito que estou e com minha decisão. É mt difícil aceitar as críticas das pessoas e dos familiares, mas no mundo do jeito que está hj, acho que isso é algo que se deva pensar bem antes. Só queria que isso não fosse uma obrigação por ser mulher ou ser casada.

    7 de novembro de 2016 @ 23:10
  7. Aline Emanuele

    Olá! Eu tenho 27 anos e sou casada há 5. Por onde passo as pessoas me perguntam: “não vai arrumar bebê?”, “5 anos já, e o bebê?”, “Ta com 27 e não teve ainda? Vc quer ser mãe ou avó dos seus filhos?” etc. Eu sempre respondo educadamente que ainda não estou pronta pra ser mãe, mas minha vontade é de mandar a pessoa ir cuidar da vida dela kkkk. Mas não tomo decisões sozinha, meu esposo também pensa do mesmo modo, tem que ser bem planejado e ele também não está preparado.

    8 de novembro de 2016 @ 11:15
    • Emanuelle Sales

      Haha “Ser avó dos filhos” é algo que a gente sempre ouve né? Misericórdia. E vc disse algo importante: marido e mulher pensarem da mesma forma. Um casal assim tomará decisões melhores.

      8 de novembro de 2016 @ 13:38
  8. Laritza Batista

    Manu, amei seu video!
    Eu e meu marido não queremos filhos e sofremos demais com tudo que vc disse. Nunca critiquei a decisão dos outros, mas sou constantemente criticada, por casar nova, por decidir largar tudo e ir pro interior, por parar de trabalhar fora e cuidar da casa, do marido e da igreja e por fim, por não querer ter filhos.
    Dou graças á Deus por meu marido maravilhoso, meu casamento abençoado e minha família temente á Deus!
    Que Deus continue abençoando seu ministério!
    Beijos!

    8 de novembro de 2016 @ 20:26
    • Emanuelle Sales

      Que Deus abençoe seu lindo lar (sim, é lar mesmo sem filhos). Continuem sendo servos dEle!

      9 de novembro de 2016 @ 14:18
  9. Eliz

    Oi Manu, me identifiquei muito com você,esperei completar 10 anos de casadas e aos 30 anos de idade engravidei de uma linda princesinha (Júlia), curtir muito meu maridinho, viajei, estudei trabalhei e só depois pensei em filhos.
    A cobrança era enorme tanto que quando anunciei minha gravidez houve comemoração recebi ligações até 23:00h me parabenizando, meus pais que já tinham desistido de um neto deu pulos de alegria, já que é a unica neta na Bahia. Mas só a sensação de um “serzinho” dentro de vc faz nosso coração vibrar de alegria, ser mãe não é fácil, mas quando passa os primeiros meses que são os mais dificeis, vc nem se lembra das noites mal dormidas e do cansaço, pq ser mãe é a maior alegria na vida de uma mulher. Hoje olhando pro passado eu digo, como foi que conseguir viver tanto tempo sem essa coisinha fofa e tão carinhosa, minha filhota hj tem 04 aninhos e é uma benção!

    Beijos!!

    8 de novembro de 2016 @ 21:09
    • Emanuelle Sales

      Aipi que delícia ler coisas assim. Fico muito feliz por vc sentir essa alegria toda na maternidade. Deus abençoe sua família. Beijos

      9 de novembro de 2016 @ 14:17
  10. Daniela

    Bacana o tema. Pior que tem essa cobrança mesmo. E as vezes a pessoa ou o casal nao quer ter nao é nem por que serão maus pais, mas pq não querem, nao sentem vontade, pensam no mundo perigoso de hoje em dia e preferem nao trazer mais uma pessoa pra sofrer aqui. Chega a ser um ato de amor pensar assim. Acho que todo mundo é livre pra decidir se quer ter ou não, e nao deve ser cobrado por isso.

    8 de novembro de 2016 @ 22:07
    • Emanuelle Sales

      Sabe, Daniela, nunca vi na bíblia a obrigação de ter filhos. Como diz o Leandro Quadros da NT, o planejamento familiar é algo muito positivo. Beijos

      9 de novembro de 2016 @ 14:22
  11. Rafaela

    Concordo com muitas coisas que vc falou e acrescentaria algumas outras rsrs tenho sua idade e vou casar este ano e acredite já estão falando para eu ter filho ano que vem rssrs.
    Minha opinião… Acredito que a 30 anos atrás a dificuldade de ter filho era pela falta de dinheiro, distância etc hoje é a dificuldade do mundo globalizado, formação de caráter, princípios bíblicos, discernimento com base é pior que a falta de dinheiro.
    Independente da minha decisão de ter ou não um filho me pego orando pedindo que caso Deus permita e eu decida ter um filho que seja para honra e glória de Deus e que venha para ser a diferença para a volta de Jesus.
    Que Deus te abençoe na futura escolha é saiba q orarei por vc tbm.

    9 de novembro de 2016 @ 13:10
    • Emanuelle Sales

      Rafaela, como diz o apresentador Leandro Quadros, da NT, o planejamento familiar é algo muito positivo. Paulo, por exemplo, nunca se casou nem teve filhos, e foi um dos grandes apóstolos, nada incompleto. Vamos orar uma pela outra!

      9 de novembro de 2016 @ 14:23
  12. Bruna Camara

    Otimo video, adorei era tudo que eu precisava ouvir .

    9 de novembro de 2016 @ 14:36
  13. Bruna Ribeiro

    AMEEEEEEI o video! Ouvir isso de uma pessoa religiosa me acalenta! Sou tão julgada quando digo que não nasci pra ser mãe!
    Sabias palavras!!!
    Um beijão, querida!

    14 de novembro de 2016 @ 9:38
  14. Joao filho

    filhos muito bom mais compricado,mais concordo 1 a2 tá bom ..

    17 de novembro de 2016 @ 15:35
  15. Karin

    Somo julgados o tempo todo pelos padrões da sociedade… 1 filho é pouco, mais de 2 é muito e se não querer ter nenhum então…. agueeeenta pois você é egoísta.
    Eu tenho 3 anos de casada e quero muito ter um bebê daqui a não muito tempo, não me imagino velha e aposentada sem um filho pra ligar, um aniversário de criança, eu quero ser mãe e ter filhos e netos ao meu redor! E com certeza quando mais velha me arrependeria de não ter tido filhos! Mas não julgo quem não quer, quem não nasceu pra ser mãe. Isso não é mandamento!

    17 de novembro de 2016 @ 20:19
    • Emanuelle Sales

      Sinto o mesmo que vc, querida. Tbm não imagino meu futuro sem uma família maior, netos… Mas ser mãe não é um mandamento mesmo. Beijos

      18 de novembro de 2016 @ 13:44

Publicar um comentário

Seu e-mail será nunca publicado ou compartilhado. Campos obrigatórios são marcados *

*
*

ou