Cultura do entretenimento

Cultura do entretenimento

Ai, que tédio gospel!

Acabou a emoção, meu povo? Tudo perdeu o encanto? Nada te tira do chão? Nada mais é eletrizante ou arrebatador? Opa, cristão entediado implora por entretenimento. Dessa vez, espero que você não se identifique com o vídeo. De qualquer forma, quero sua opinião sobre assunto — nos comentários aqui do blog ou lá no YouTube. E não se esqueça de se inscrever no nosso canal pra não perder nenhuuuuma publicação.

COMPRE NOSSOS LIVROS AQUI

Espero que tenha gostado do vídeo!
Deixe sua opinião sobre o assunto…

por Emanuelle Sales

5 Comentários

  1. Kelly

    Lamentável realidade que às vezes me sinto entediada também!
    Parabéns pela puxada de orelha – precisamos despertar, mas estamos nos acomodando neste sono entediante.
    Falando em sono, até dormir, para o entediado, é entediante!!!

    Mundo tecnológico, escolhas e decisões de vida ou morte eterna.
    Escolhamos e decidamos pela vida eterna.

    24 de novembro de 2016 @ 9:06
    • Kelly

      Dormir: antes de dormir é tão gostoso conversar com a família, com o cônjuge. O que eles querem!? “Mamadeira” de tecnologia (tapa buraco familiar).

      24 de novembro de 2016 @ 9:07
    • Emanuelle Sales

      Falou tudo, flor!

      25 de novembro de 2016 @ 8:21
  2. Jéssica Helena

    A cada dia se torna mais difícil atrair principalmente os jovens para igreja por causa deste “tédio” crescente que tem brotado em seus seres. Realmente é um absurdo termos que ficar nos preocupando com uma decoração incrível, uma programação deslumbrante com convidados populares, pastores famosos que consigam segurar a atenção do público antes que eles resolvam que o evento está monótono. Nada contra eventos bem organizados e convidados especiais, muito pelo contrário. Mas nossa geração está dependente de entretenimento. Se pudéssemos ter a força de vontade de abrir a Bíblia tantas vezes como ligamos a tela do celular pra observar se recebemos alguma mensagem, certamente não ficaríamos entendíamos em estar na presença de Deus, ainda que o culto passe do horário ou que o cantor não seja profissional. Que Deus nos ajude a retornar o foco da adoração e não nos perdermos nesse mar de distrações que nos levam pra longe dEle!

    26 de novembro de 2016 @ 11:42
    • Emanuelle Sales

      Lindas palavras! Que Deus nos ajude.

      28 de novembro de 2016 @ 23:57

Publicar um comentário

Seu e-mail será nunca publicado ou compartilhado. Campos obrigatórios são marcados *

*
*

ou