Como fazer seu amor feliz

Como fazer seu amor feliz

Será que o amor é tão complicado assim? Ao mesmo tempo que queremos ser realizadas no amor, sabemos que o segredo também está em fazer nosso parceiro feliz. Mas como acertar e proporcionar momentos incríveis?

 

Categorizados em Pensamentos
Bookmark o permalink ou deixar um trackback.

27 Comentários

  1. Emanuelle Sales

    Achei SIMPLESMENTE PERFEITO! Foi legal descobrir minha Linguagem do Amor. Agora vou mostrar pro meu maridinho, mas ele descobrir tbm. Assim fica mais fácil fazer um o outro mais feliz! Bjuuuu, Pri!

    15 de abril de 2012 @ 14:19
  2. É isso aí Manu, o meu marido já leu e agora nós sempre TRANSBORDAMOS nosso ” tanque do amor” rsrsrsrsr É bom demais!

    15 de abril de 2012 @ 14:35
  3. Emily

    Q lindooooo!

    15 de abril de 2012 @ 14:48
  4. Adorei!! Quando eu arrumar um namorado, vou saber o que fazer para deixá-lo feliz!! rs..

    15 de abril de 2012 @ 15:29
    • Emanuelle Sales

      kkk…isso aí, Sabrina! Ah, mas a linguagem do amor está na amizade, entre a familia tbm! Aproveite! =D

      15 de abril de 2012 @ 15:38
  5. Ha, já fiz a leitura desse livro e gostei muito! É importante conhecer a linguagem do amor dos outros para que assim vivamos melhor. Ótimo texto! =)

    15 de abril de 2012 @ 16:28
  6. Já havia ouvido várias pessoas falarem desse livro. Foi ótimo encontrar um resumo super prático dessas demonstrações de amor. Priscila, adorei seu dia de blogueira. Volte mais vezes. Bjinhus

    15 de abril de 2012 @ 17:23
    • Emanuelle Sales

      Lindo neh, Naya? Um resumo bem compreensível sobre esse tema tão importante!
      Ahhh, com certeza a Priscila vai ter q voltar aqui mais vezes! bju

      15 de abril de 2012 @ 17:38
  7. Muito Bom esse Post a Priscila esta de parabens, acredito que vai ser util para muitas pessoas que lerem!

    15 de abril de 2012 @ 18:12
  8. Pri, parabéns acredito que essa materia vai ajudar muitas pessoas a viverem mais felizes

    15 de abril de 2012 @ 20:19
    • Emanuelle Sales

      Ohhhh, q lindo o papi da Pri! Com certeza vai ajudar mta gente msm!

      15 de abril de 2012 @ 22:11
  9. Gostei demais do post! São realmente coisas básicas do dia a dia, Mas que são importantes para nosso relacionamento! Abraço para Pri que escreveu o post!
    Abraço a todas BONITAS!

    15 de abril de 2012 @ 22:35
  10. Adorei… to empolgada pra ler o livro todo… Até o Thiago ficou interessado :) :)

    15 de abril de 2012 @ 23:04
  11. Esse livro é ótimo, todo mundo deveria ler…

    15 de abril de 2012 @ 23:41
  12. Gostei muito da matéria. É muito importante descobrir o que faz bem ao cônjuge e colocar em prática o que se descobriu. Que Deus continue abençoando muito o teu relacionamento, e que vc sempre tenha coisas boas para compartilhar com outros!

    16 de abril de 2012 @ 7:42
  13. Quando comecei a ler o livro eu pensei que eu era uma coisa, no final, vi que sou bilingue,rsrs. Assim, fica mais fácil pra manter meu “tanque” cheio,rsrs.

    Recomendo a todos os casais a lerem esse livro, vai fazer uma tremenda diferença no seu relacionamento.

    Parabéns Meu Amor pelo post! É compartilhando o que aprendemos que podemos ajudar o próximo também.

    16 de abril de 2012 @ 11:20
    • Emanuelle Sales

      kkkk…Bilingue foi o melhor, Pierre! Mantenham o tanque cheio!

      16 de abril de 2012 @ 13:25
  14. Esse assunto é muito importante, ainda mais que hoje em dia está se tornando tão comum problemas nos relacionamentos mesmo dentro da nossa igreja, as vezes o problema está em não encher o “tanque” diariamente.
    bjs bonitas…

    16 de abril de 2012 @ 13:52
  15. Oi Bonitas…
    Ainda não tive a oportunidade de ler esse livro, mas já haviam me recomendado. Priscila, você tem toda razão quando diz que esse pode ser um dos motivos dos problemas conjugais, até mesmo dentro da nossa igreja. Sei bem disso, pois algum tempo atrás me peguei triste e insatisfeita com alguns aspectos do meu casamento. Em uma conversa com uma conhecida, que por acaso é psicologa, ela me falou desse livro e fez um resumo bem parecido com o seu. Então pude entender a importância de fazer as pessoas que amamos felizes, até mesmo através de pequenas ações, pois isso se tornará um ciclo. Quando eu procuro fazer a pessoa que eu amo feliz, através de sua “linguagem do amor”, quem eu amo irá retribuir a esse gesto.
    Lembrando que é importante termos diálogo, pois pode ser que meu companheiro não tenha identificado a minha “linguagem”, (foi o meu caso). Após entender as liguagens do amor, percebi que a do meu esposo era a linguegem do toque físico, e desde então tento deixar o tanque dele cheinho.
    Para aquelas que, como eu, tem um companheiro um pouco desatento (rsrsrs), vale conversar com jeitinho, dar umas dicas. No meu caso, linguegem dos atos de serviço, disse para meu querido: “amor, fico tão feliz quando você me ajuda com as tarefas de casa”. Até agora está dando certo.
    Queridas… um beijão para todas. Que nosso Papai do Céu nos abençoe e nos conceda sabedoria em nossos relacionamentos.

    16 de abril de 2012 @ 15:30
  16. Que bacana quero ler este livro com o meu namorado!!! parabéns Pri através das suas palavras você exteriorizou o que esta vivendo em seu matrimonio que Deus abençoe vocês… Hummm me surgiu uma duvida é possível ter todas as linguagem do amor???? Srrsr

    18 de abril de 2012 @ 8:11
  17. Todas as Linguagens Ellen Jovanita? rsrsrsr Bem dificil, pode acontecer de ser bilingue,rs Devemos fazer algumas perguntas como: O que eu reclamo mais em meu companheiro? Será que se eu ficasse sem alguma dessas linguagens eu poderia ser feliz ainda assim?
    Pense no que é mais necessário para sua parte emocional. Tenho certeza que vc vai ser nota 10 nesse assunto e ser muito feliz! Um grande abraço!

    19 de abril de 2012 @ 7:56
  18. Acho muito legal abrir e ver que você conhece a blogueira! HAhaha… A gente pensa.. Ai! Como eu sou famosa! Eu conheço aquela blogueira! Hahahahaha… Parabéns Pri pelo post! Mesmo a gente não se conhecendo pessoalmente… Beijo pra você e pro meu amigo Pierre!

    20 de abril de 2012 @ 12:12
  19. Mas agora é sério… Eu já li o livro “As 5 linguagens do Amor para Solteiros” do mesmo autor… É ótimo também e ajuda muito na comunicação com todos ao seu redor.
    Mas o que o Pierre disse não só é comum, como é absolutamente comum! Hehehe…
    Ellen Jovanita, é possível sim falar as 5 linguagens, pois todas são necessidades básicas num relacionamento.
    O que acontece é que algumas são mais importantes pra nós, fazem mais falta. Mas nenhuma delas podem faltar!
    Claro que casamentos perfeitos sem briguinhas, não existem, mas tentando praticar um pouco de cada uma das cinco, e, principalmente, falando mais a que seu companheiro mais necessita, facilita e muuuito a relação.
    Opinião de quem ainda não é casada mas já melhorou e muito em relacionamentos com namorado e até amigos! Enjoy Girls!

    20 de abril de 2012 @ 12:19
  20. Ahh.. Só pra constar…
    No site oficial do Gary Chapman (autor) tem um “quizz” sobre o tema.
    Você responde e ele lista as 5 linguagens em ordem de importância pra você.
    Dá pra responder como sendo – casada, casado, solteira, solteiro, etc – .
    A notícia ruim é que é tudo em inglês! Hehehe… Mas vale a pena… Peçam pro maridão responder também! ;)

    20 de abril de 2012 @ 12:23
  21. Carol Abreu legal suas palavras acho que um pouco de cada dando ênfase no que o seu companheiro julgar mais importante ajudaria e mto o relacionamento. bjos meninas adorei Pri querida vc foi demais na escolha do tema adoramos.

    24 de abril de 2012 @ 7:27
  22. Isso mesmo Ellen querida! Acho que esse é o “espírito da coisa” Haha… Beijinhos girls!

    25 de abril de 2012 @ 18:51
  23. Eu já li este livro, muito bom e recomendo a todos!!!!!!

    14 de maio de 2012 @ 23:07

Publicar um comentário

Seu e-mail será nunca publicado ou compartilhado. Campos obrigatórios são marcados *

*
*

ou